Brigada Militar RS

AFA academia da força aérea criciuma tubarão florianopolis blumenau itajaí joinvile jaraguá do sul lages chapecó

Brigada_Militar_RS_Brasao

Sobre a Brigada Militar RS

A Brigada Militar/RS, instituição permanente e regular, organizada com base na hierarquia e na disciplina, nos Termos da Lei 10.991 de 18 de agosto de 1997, é a Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Sul, de acordo com o que dispõem o inciso V e os parágrafos 5º e 6º do Art. 144 da Constituição Federal, e dos Art. 129 a 132 da Constituição do Estado, competindo-lhe:

I – Executar, com exclusividade, ressalvada a competência das Forças Armadas, a polícia ostensiva, planejada pela autoridade policial militar competente, a fim de assegurar o cumprimento da lei, a manutenção da ordem pública e incolumidade das pessoas e do patrimônio, bem como o exercício dos poderes constituídos.

II – Atuar preventivamente, como força de dissuasão, em locais ou áreas, onde se presuma ser possível a perturbação da ordem pública;

III – Atuar repressivamente, em casos de perturbação da ordem pública e no gerenciamento técnico de situações de alto risco;

IV – Exercer a polícia ostensiva de proteção ambiental;

V – Executar a guarda externa dos estabelecimentos prisionais do Estado;

VI – Exercer atividade de investigação criminal militar;

VII – Atuar na fiscalização e controle dos serviços de vigilância particular do Estado;

VIII – Exercer atividades de inteligência da Polícia Militar;

IX – Executar os serviços de prevenção e de combate ao incêndio, bem como a investigação de incêndios e sinistros;

X – Fiscalizar e controlar os serviços civis auxiliares de bombeiro;

XI – Realizar os serviços de busca e salvamento aéreo, aquático e terrestre;

XII – Executar as atividades de defesa civil;

XIII – Desempenhar outras atividades previstas em lei.

Perguntas Frequentes

Onde o curso é ministrado?

O Curso de Formação de Oficiais da Aeronáutica é ministrado na Academia da Força Aérea, situado em Pirassununga/SP.

Quais são as áreas de formação?

A Academia da Força Aérea forma cadetes dos seguintes cursos:
Curso de Formação de Oficiais Aviadores (CFOAv)
Curso de Formação de Oficiais Intendentes (CFOInt)
Curso de Formação de Oficiais de Infantaria da Aeronáutica (CFOInf)
Além disso, todos os cadetes da Academia, ao final do curso, recebem o título de bacharéis em Administração, com ênfase em Administração Pública.

Como o curso é ministrado?

Os Cadetes do Curso de Formação de Oficiais de Infantaria (CFOInf) estudam Métodos de Defesa e Segurança das Instalações Militares, Emprego de Defesa Antiaérea de Aeródromos e Sítios, Comando de Frações de Tropas e do Serviço de Salvamento e Combate a Incêndio (SESCINC), além Legislação Militar, Direito Militar, Emprego de Armamento, Serviço Militar e Mobilização, entre outras. Após 4 (quatro) anos de formação acadêmica, são declarados Aspirantes a Oficial e começam a desempenhar suas atividades operacionais de combatente terrestre, como elemento-chave do Sistema de Defesa do Comando da Aeronáutica, em todo o território nacional.

Os Cadetes do Curso de Formação de Intendentes (CFOInt) estudam em laboratórios de administração e intendência, onde aprendem a ciência e a tecnologia moderna da gestão econômico-financeira e dos serviços especializados de intendência, preparando-se assim para as tarefas de um combatente de superfície, integrado ao sistema logístico do Comando da Aeronáutica. Após 4 (quatro) anos acadêmicos, são declarados Aspirantes a Oficial e começam a desempenhar suas atividades administrativo-operacionais nas diversas Organizações do Comando da Aeronáutica.

Os Cadetes do Curso de Formação de Aviadores (CFOAv) iniciam a instrução aérea na 2ª série, voando o T-25 “UNIVERSAL”, avião de instrução primária/básica de fabricação nacional, e, nessa aeronave, voam cerca de 75 (setenta e cinco) horas. Na 4ª série, os cadetes realizam a sua instrução na aeronave T-27 “TUCANO”, turboélice de instrução avançada, também de fabricação nacional, no qual voam cerca de 125 (cento e vinte e cinco) horas. Após 4 (quatro) anos de período intenso de aprendizagem são declarados Aspirantes a Oficial e seguem carreira dentro da Força Aérea.

Quais os benefícios do aluno?

O aluno vive em regime de internato durante todo o período de formação, sendo alojado, alimentado e fardado por conta do Estado, além de receber salário militar previsto em lei. Participa, ainda, de atividades sociais, culturais, recreativas e esportivas.

Edital do Concurso

Escolaridade Exigida

Ensino Médio Completo

Número de vagas

4.100 vagas para Soldado

Requisitos

De 18 a 25 anos, Carteira Nacional de Habilitação (CNH – “B”), altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres

Previsão para publicação do edital

2º semestre de 2017

Situação

Aguardando Edital

Cargo

Soldado

Banca Organizadora

Fundatec

GALERIA DOS APROVADOS

Conheça nossos
cursos online